• Educação Infantil

    A Educação Infantil proporciona o desenvolvimento físico, psicológico, intelectual e social da criança até 5 anos de idade, complementando a ação da família e da comunidade.

    As atividades planejadas para cada faixa etária conduzem a criança ao desenvolvimento das seguintes capacidades

    a) construir uma imagem positiva de si mesma, atuando de maneira autônoma, com confiança e percebendo suas limitações;

    b) conhecer o seu próprio corpo, suas potencialidades e a melhor maneira de cuidar da sua saúde e do seu bem-estar;

    c) estabelecer vínculos afetivos com outras crianças e com os adultos, fortalecendo a sua auto-estima e aumentando a sua capacidade de se comunicar e interagir com os outros;

    d) estabelecer e ampliar suas relações sociais, aprendendo aos poucos articular os seus interesses e seus pontos de vista frente aos demais, respeitando-os e mostrando atitudes de ajuda e colaboração;

    e) observar e explorar o ambiente com atitude de curiosidade, percebendo-se como integrante, dependente e agente transformador do meio ambiente, valorizando atitudes para a sua conservação;

    f) brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades;

    g) utilizar as diferentes linguagens (corporal, musical, oral, escrita, gestual) ajustadas às diferentes interações e situações de comunicação, de forma a compreender e ser compreendido, expressar as suas idéias, sentimentos, necessidades e desejos e avançar no seu processo de construção de significados, enriquecendo cada vez mais a sua capacidade expressiva;

    h) conhecer algumas manifestações culturais, aprendendo a demonstrar atitudes de interesse, respeito e participação e a valorizar a diversidade;

    A avaliação na Educação Infantil é realizada mediante o acompanhamento e registro do desenvolvimento da criança, através das observações dos educadores feitas em relatórios trimestrais que indicam os avanços obtidos, tomando como referência os objetivos estabelecidos nessa etapa e tem como função acompanhar, orientar, regular e redirecionar as ações desenvolvidas.

    Os relatórios, bem como os materiais produzidos pela criança integram o seu portfólio de aprendizagem, contendo o registro histórico do seu progresso no processo de aprendizagem.